Futsal: 00.26, final Chacarita 7 – Country de Banfield 4.

22.20 estan jugando Estrella con Huracan, cuando termine empieza Chaca.

22.24 gano Huracan 9-2.

Chaca empieza 22.30.

Se suspendió Las Heras 3 – Social Parque 3 por falta de garantías.

 

Chacarita – Country empieza a las 23.

23,02  gool de chaca Dobal.

23,08 empata Country 1-1.

23.22 16 minutos 1-1

23,33 final primer tiempo 1-1

gool de chaca Olmedo 2-1

23.59 gol de chaca Parola 3-1

0.03 gol de parola 4-1

00.10 gol de country 4-2 faltan 8 minutos ,a sufrir…

0014 goool de chaca Quevedo el arquero 5-2

00.15 fol de country 5-3

00.17 gool de chaca Dobal 6-3

00,20 descuenta country 6-4

0023 gool de chaca Dobal 7-4

Final: Chacarita 7 – Country de Banfield 4.

cada vez mas cerca.

Info: Cristian Monteiro.

Foto: Pasion futsal.

 

Matias Pinto, Paulista, Periodista e hincha y socio de chaca.

Chacarita Juniors e Tigre se enfrentaram pela última vez na rodada de abertura do Clausura 2010. Na ocasião, os funebreros visitaram o Monumental de Victoria e ganharam dos mandantes por 2 a 0. Os gols foram anotados por Mariano Echevarria, que àquela altura não desconfiava que duas temporadas depois entraria para a história do Matador.

 

Deste então, duas divisões e uma final continental separam os dois rivais da zona norte do conurbano bonaerense, mas certamente tricolores e azules voltarão a dar as caras nesta quarta-feira. Seja pela flauta ou pela identificação com as cores do São Paulo Futebol Clube, são esperados aproximadamente mil torcedores do Chaca no setor visitante da Bombonera.

 

Esta é a estimativa que me foi passada por Eduardo “Pepe” Rapoport, membro da Subcomissão de Estádio do Chacarita e diretor responsável do Aqui Chacarita (veículo clubístico mais antigo da Argentina). Segundo o jornalista partidário, não se falava de outra coisa além da decisão da Copa Sul-Americana pelas imediações de San Martin, onde o local venceu na última segunda-feira o Almagro, clube que possui uma bela amizade com o Grêmio.

 

Por sinal, a forma como os tricolores se relacionam é muito similar, partindo de uma iniciativa dos hermanos que acabou sendo assimilada pelos brasileiros e se transformando em algo genuíno entre os torcedores comuns e não exclusivo de barra bravas e torcedores organizados, como muitas alianças forjadas continente afora. Foi assim durante a semifinal da Libertadores de 2005, quando o São Paulo eliminou o River Plate – os são-pauilinos surpresos receberam seus pares funebreros no hotel onde a delegação tricolor estava hospedada e foram caminhando juntos até o Monumental de Núñez.

 

O resultado deste encontro pode ser ouvido em quase todas as partidas no Morumbi, através do canto “Vai lá de Coração” adaptado pelos hinchas do Chaca para o seu mais novo amigo. Também se tornou muito comum notar camisas ou bonés do Tricolor de San Martín no meio da torcida do São Paulo, prática mais antiga pelos lados da Villa Maipú, em meados dos anos 90 quando a Penalty mandava sua linha excedente para o fornecimento do Chacarita.

 

Agora, sempre que o São Paulo visita o país vizinho, é acompanhado por algumas dezenas de funebreros, que se multiplicarão nesta semana, por conta do crescimento da rivalidade com o Tigre. Já abordamos aqui que o grande clássico do Chaca é contra o Atlanta, porém este duelo remonta aos tempos da Villa Crespo. Para as novas gerações de torcedores, que foram criados fora dos limites da Capital Federal, o Matador é muitas vezes apontado como arquirrival do Chacarita, e além da Avenida General Paz, que ao norte-oeste separa a cidade de Buenos Aires de sua região metropolitana, estes embates costumam ser mais ferozes, como podemos testemunhar no vídeo abaixo.

 

Sendo assim, o Tricolor do Morumbi deve esperar um ambiente mais hostil do que o comum, pois para muitos dos presentes na cancha do Boca Juniors haverá algo a mais em jogo do que uma “simples” decisão sul-americana.

 

Matias Pinto

Publicado em Sul-Americana. ligação permanente.

socio de CACHJ numero 68.280,y pago la cuota anual.

http://www.youtube.com/watch?v=QhaIMCmV7Ls

 

Los nuevos juveniles:

Coordinador general: Carlos Pereira.

Infantiles: Jorge Petroccelli.

Cuarta : Leonardo Itabel.

Quinta: Fernando Castillo.

Sexta: Daniel Leani.

Septima: Horacio Lugo.

Octava: Romerito.

Novena; Pedro Vega.

Preparación física  Leo Garayalde.

info LGT Y S.GA.